Pré Diabetes

pré diabetes pode ser revertidaÉ muito importante saber exatamente o que é a Pré Diabetes, porque se você estiver sofrendo desse mal é possível reverter completamente essa situação e voltar a ter um organismo perfeitamente saudável.

Para quem não sabe, é uma situação onde o corpo começa a apresentar alguns sinais de que os níveis de açúcar estão começando a ficar mais elevados do que o necessário e a insulina também.

Também é muito conhecido como resistência à insulina, que é um estado onde o pâncreas passa a produzir a insulina em excesso na tentativa mal sucedida de controlar os níveis de açúcar.

Nesse artigo nós vamos trazer para você leitor (a) as principais informações sobre a Pré Diabetes, pois essa será uma maneira de ampliar os seus conhecimentos e garantir a sua saúde ao mesmo tempo. Vale a pena conferir tudo o que foi desenvolvido!

Pré Diabetes: conhecendo um pouco mais sobre esse incrível assunto

Para que você possa saber mais informações importantes a respeito desse assunto, confira os seguintes fatores:

  • Causas

As possíveis causas do surgimento da Pré Diabetes pode ser a própria tendência familiar, obesidade, sobrepeso, alimentação baseada apenas em alimentos hipercalóricos e muito mais.

A diabetes é uma doença multifatorial e por isso, muitas são as causas envolvidas, o mesmo acontece com a Pré Diabetes.

  • Fatores de risco

O principal fator de risco é, sem dúvida alguma, o ganho de peso. Ao aumentar o peso, o pâncreas começa a produzir mais insulina na tentativa de controlar os níveis de açúcar. Acontece que o organismo não consegue entender esse aumento algo positivo e o estado de resistência à insulina pode aparecer.

O principal fator de risco é o ganho de peso. Com o aumento do peso, o pâncreas passa a produzir mais insulina na tentativa de controlar os níveis de açúcar. No entanto, o organismo não interpreta este aumento na produção de insulina de forma benéfica, e o estado de resistência insulínica surge, fazendo com que apesar de muita insulina estar disponível, ela acabe funcionando pouco.

Alguns outros fatores de riscos são as doenças na família, síndrome dos ovários policísticos, hipertensão arterial e aumentos dos níveis de triglicérides no sangue também. Mães que tiveram os seus bebês com mais de 4kg também possuem o risco de desenvolve-la.

  • Sintomas

Na grande maioria dos casos, não existe nenhum sintoma para identifica-la. Podemos entender então que essa condição só é possível de ser diagnosticada através de exames.

  • Diagnóstico

A glicemia de jejum quando entre 100 e 125 mg/dL indica o estado de glicemia de jejum alterada e também indica a necessidade de realização da curva glicêmica simplificada com 75 gramas de glicose. Se a curva glicêmica na segunda hora apresentar um valor entre 140 e 199 mg/Dl, o diagnóstico poderá ser de Pré Diabetes.

No exame de hemoglobina glicada, se apresentar entre 5,8% e 6,4% também pode ser um grande sinal da doença.

  • Exames

As pessoas que já foram diagnosticadas com a doença poderão fazer o devido acompanhamento com a dosagem de glicemia e hemoglobina glicada. Se for preciso, poderá ser realizado também o cálculo do índice HOMA – IR, que medo a capacidade de sensibilidade ou resistência à insulina de cada um.

  • Ajuda médica

Se você possui casos de diabetes na família, está passando por um ganho excessivo de peso e possíveis alterações nos níveis de glicose no sangue, fique de olho e procure um médico. Somente esse profissional poderá orientar você da melhor maneira possível.

  • Tratamentos e cuidados

Na grande maioria dos casos, o tratamento deve começar a partir de algumas mudanças na dieta, como: redução de gorduras saturadas, calorias e carboidratos. Além disso, é fundamental que exista a prática de exercícios físicos todos os dias.

O medicamento só será utilizado se o médico realmente constatar que é muito necessário, fora isso as medidas citadas acima já são suficientes.

  • Complicações

A principal e mais temida complicação que pode existir com ela é o surgimento efetivo da diabetes. Infelizmente isso é algo que pode acontecer quando na falta de cuidados e atenção com esse assunto.

⚠ ATENÇÃO!
Um tratamento com base em alimentação tem dado resultados extremos há muitos portadores de diabetes, para informa-los melhor, fizemos um artigo.                                                ➡ Conheça o tratamento clicando aqui!

Alguns comentários finais a respeito dessa condição

Como você viu a Pré Diabetes não é tratada necessariamente como sendo uma doença, mas sim uma condição passageira que poderá resultar em uma doença ou em hábitos mais saudáveis, tudo vai depender exclusivamente da pessoa em questão.

Se você gostou de conferir o conteúdo exposto nesse artigo, aproveite para ler também sobre a Diabetes Tipo 3 clicando aqui.

 

Pré Diabetes
Avalie esse post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!